Mudança de status de residência - DV

Q. Sou uma mulher de nacionalidade        . Dentro das minhas conhecidas há algumas que se divorciaram do esposo japonês por motivo do DV(Violência Doméstica). Após o divórcio ficaram no Japão com o visto de Residência de Longo Prazo, e estão educando crianças de nacionalidade japonesa. E eu também estou pensando em divorciar de meu marido pelo motivo de DV(Violência Doméstica), mas eu não tenho criança de nacionalidade japonesa. Depois do divórcio é possível mudar o meu status(visto) para o de Residência de Longo Prazo? Após obter o visto de Cônjuge de Japonês moro no Japão há 7 anos consecutivos. Atualmente, eu tenho visto de três anos de  Cônjuge de japonês. Estou trabalhando em uma fábrica de alimentos(obento) 5 dias por semana com 8 horas de trabalho por mais de 3 anos e recebo cerca de 180 mil ienes por mês.

A. Há muitas mulheres estrangeiras que depois de se divorciar de seus maridos japoneses, ficaram com custódia de seus filhos japoneses e obtiveram vistos de Residência de Longo Prazo. Este visto é por motivo de que é necessário um guardião para educar uma criança japonesa. No caso de uma estrangeira que não tenha uma criança japonesa, com o divórcio perderá o visto de "Cônjuge de Japonês", e são raros as pessoas que conseguem a mudança do visto para Residência de Longo Prazo. Mas, isto não é impossível. Foi possível para aqueles que têm empregos e renda estáveis​,​ que pagaram os impostos corretamente, e que possuem uma forte vontade de viver no Japão e é capaz de explicar de que o motivo do divórcio foi pelo DV. Os grupos de assistência às estrangeiras ou advogados possuem informações sobre estes tipos de casos, por isso se aconselha consultar o mais antes possível.

Número de telefone:

- Português, espanhol: 090-8001-4695 (de segunda à sexta, das 10:00 às 17:00)

- Inglês, tagalo, coreano090-8001-4695

- Tailandês: 090-8002-2949

- Chinês: 090-8001-4695

-Centro de consulta sobre violência doméstica e Centro de assistência da prefeitura de Kanagawa (portugués,espanhol, etc.) : de segunda a sábado das 10:00 às 17:00h, tel. 050-1501-2803